Skip to main content

6 coisas que precisa de saber para ter a transa mais incrível da sua vida

Não existe roteiro nem regulamento para uma boa transa, já que cada casal tem suas formas muito particulares de encarar seus desejos e fetiches.

No entanto, é consenso entre os praticantes que determinadas práticas são consideradas fundamentais para que a intimidade tenha momentos incríveis.

Fique sabendo que práticas são essas e veja se você faz uso de alguma delas na sua vida amorosa. Fonte vix.

1. Manter o corpo em forma

Não nos referimos à forma fitness das academias de bumbuns roliços e peitorais sarados, mas sim dos cuidados que são necessários tomar em relação à alimentação e à prática de exercícios que mantenham o condicionamento físico para uma relação de qualidade. Além do mais, as pessoas que cuidam do corpo geralmente têm autoestima mais elevada, sentindo-se mais confortáveis e relaxados na hora H.

2. Masturbar-se com frequência

A masturbação é um excelente instrumento para se conhecer o próprio corpo, principalmente as mulheres, que sempre foram reprimidas em nome da moral familiar, e também porque é a garantia de satisfação. Conhecendo os toque íntimos que deixam a pessoa mais excitada, pode-se usar desse conhecimento na hora da relação a dois. Para os homens, é extremamente recomendável a masturbação diária para a renovação e lavagem interna do escroto, excelente remédio na prevenção do câncer de próstata.

3. Caprichar nas preliminares

Claro que a rapidinha sempre tem o seu charme, principalmente quando o casal já tem aquela sintonia adquirida na prática. Mas para que a mulher obtenha o seu orgasmo, é fundamental que a penetração seja precedida de carícias, beijos e toques íntimos. Um dos ingredientes-chave na relação amorosa é a excitação que vai subindo aos poucos.

4. Respeito, consentimento e reciprocidade

A prática sexual nunca deve ser forçada e não deve haver imposições para que apenas uma das partes se sinta satisfeita, independentemente de fantasias e fetiches. Além do mais, o respeito é fundamental para que os dois se sintam satisfeitos mesmo que a relação seja casual.

5. Diálogo

A conversa durante o ato sexual não necessariamente precisa ser picante e ousada. Um diálogo aberto sobre desejos, preferências, a maneira como gosta de receber e fazer carícias evita constrangimentos e uma relação insatisfatória. Com um diálogo franco, é mais fácil chegar ao orgasmo.

6. Libertar suas fantasias

Para ter uma relação de qualidade, uma boa maneira é a inovação entre as quatro paredes, com a experimentação de fetiches e posições ousadas. Claro que nada é obrigatório ou essencial, já que muitos casais se ficam só pelo tradicional e estão satisfeitos de igual maneira. Mas se existe a curiosidade de experimentar coisas novas, você não deve reprimir seus desejos, procurando sempre se livrar dos preconceitos e medos que podem estar impedindo sua plena satisfação.

error: Este site está protegido contra cópia.